13 de setembro de 2010

Um amigo, que jamais pensei.

Quando eu te conheci eu jamais pensei que fosse ser como hoje. Eu era apenas mais uma criança, toda boba, toda estraha, toda feliz só em saber que te encontraria na hora do intervalo, e que eu tinha certeza que você iria vir e me pedir uma bala ou tentaria pegar o pirulito de coração da minha boca. Eu sempre sabia que no dia seguinte você estaria lá, até nos meus sábados eu sabia que você estaria lá. Mas de uma hora para outra as coisas mudaram você se foi para um lugar distante e os contatos se tornaram raros, e uma amizade que eu não sabia que tinha se esfriou, porém assim como o tempo te leva pessoas, ele também as trazem de volta, e você é uma dessas.
Hoje já não sei como te mostrar o que eu sinto por você, eu tenho certeza que vai além do tamanho que eu penso que sejas, e se é que tem tamanho ... Só posso te dizer que o que eu sinto vai muito além das palavras que eu escrevo, vai além das atitudes, e dos momentos que já compartilhamos juntos.
Sei que não estive em todos os momentos de felicidade, e também sei que não estive presente em certos acontecimentos ruins que aconteceu, mas isso não importa porque eu sei que se eu pudesse eu faria tudo novamente, porque eu sei que você me perdoaria de qualquer forma. E como você disse, é impossível não se apaixonar por você, você é a pérola que eu mergulhei pra encontrar, você é assim tudo pra mim é mais do que eu já sonhei um dia.
Me sinto culpada por ter deixado a nossa amizade ter se esfriado, mas hoje pode ter todas as certezas desse mundo que eu jamais farei isso novamente, agora irei sempre em busca do seu amor, e farei como naquele filme, Como se fosse a primeira vez, vou fazer de cada dia de nossa amizade, um novo dia. Pois assim tenho certeza que jamais deixarei você se perder no tempo, mais uma vez.
No texto anterior eu disse que tenho vergonha quando uma pessoa que eu menos espero que leia o meu blog, vai lá e lê, e pode ter certeza que você hoje foi uma delas, e que de uma certa forma me sinto honrada pelo privilégio de você ter lidos meus textos, e ter falado as coisas que disse, não sei com que palavras te dizer o que eu senti na hora, de verdade. Mas a vida é assim, eu só espero que a nossa promessa não se caia no esquecimento (...)'


Ps: De repente a dor, de esperar terminou. E o amor veio enfim, eu que sempre sonhei mas não acreditei, muito em mim. Vi o tempo passar, o inverno chegar. Outra vez mas desta vez, todo pranto sumiu, um encanto surgiu, Meu amor. Você é mais do que sei, é mais que pensei, é mais que esperava, baby! Você, é algo assim, é tudo pra mim, é como eu sonhava, baby! Sou feliz agora, não não vá embora não (...) ♪ - Você; Tim Maia.

Eu te amo mais que qualquer coisa, Eduardo Aroso Barbério.

4 comentários:

  1. ah, o amor ♥_♥

    --
    viu, nem dei tempo de você sentir saudade (hi hi) '-'

    beijas, minha borboleta-amiga :*
    <3'

    ResponderExcluir
  2. Ahhh que lindo esse post *.*
    Felicidades linda. =*

    ResponderExcluir