11 de novembro de 2010

começo, meio, sem fim ?

Hoje é engraçado ler certos textos que eu já fiz, acho que eu sempre me surpreendo com meus textos antigos. Eles eram tão bobos, e hoje eu vejo que não me serviram de nada, nada é muita coisa, porque eles me marcaram certas épocas da minha vida e me fizeram crescer de alguma forma. Me pego rindo com certas coisas escritas para certas pessoas, e que hoje eu nem consigo mais olhar no rosto. Porém que ainda mexem comigo de uma forma que eu mesma não consigo acreditar. Eu ainda fico impressionada com a forma que ex-namorados conseguem nos surpreender sem nem perceber.
Não me arrependo de ter dito eu te amo tantas vezes para ele, mesmo sabendo que depois de tudo eu fui trocada. Não me arrependo pois ele fez parte, aliás, ele foi a mão na roda para o meu crescimento, para o meu aprendizado com a vida, e com os homens. Hoje eu só consigo agradecer ele por ter me deixado no tempo certo, mas eu não posso mais agradecê-lo, porque eu nem mais falo com ele. E é isso que me faz rir. Antes, ele era o amor da minha vida merda agora ele não é mais nada, não é colega e muito menos amigo. Mas na época para mim, ele era a pessoa certa. A pessoa que eu tinha escolhido para viver o resto da minha vida megatensoisso mas hoje eu vejo que era só coisa de momento, mas eu não ligo porque na hora ele era o que eu mais precisava, ele era a pessoa certa naquelemomento .
É por vários motivos que eu acredito em amor pela metade. Não acredito que o que eu sentia era só mais um sonho de criança, pode até ser para VOCÊ, mas para mim não é, pois só eu sei o quanto eu já gostei dele, o quanto ele me fazia sentir, o quanto eu precisava dele. Eu sei que eu errei, e o maior erro que eu cometi foi ter feito da vida dele a minha. Mas isso passou, ounão e hoje eu me sinto uma pessoa melhor. Uma pessoa que sabe encarar mais fácil certas ilusões, e é por isso que eu gosto desse "novo amor" que eu já escrevi tantas vezes. 
Tem gente que entende o texto todo, tem gente que não entende nada. Tem gente que me conhece só por ler meus textos, tem gente que conhece só pelo o olhar. Tem gente que ama a minha forma de escrever, tem gente que não sabe porque eu continuo ainda postando. Mas eu só sei que eu só continuo por aqui, para eu rir daqui a um tempo, como eu tenho rido de uns tempos para cá. 

# Eu não sei se eleS ainda mexem comigo da mesma forma
que já mexeram um dia.

Um comentário:

  1. Quando a gente consegue ver que cresceu, é realmente gratificante.

    ResponderExcluir